Tesoura cega, Pássaro de vidro e companhia

Encontre neste site informações sobre os livros de Carlos Machado



Livros do autor


Poemas na revista peruana Vallejo & Co.

A revista cultural peruana Vallejo & Co. publicou em setembro/2020 uma seleção de 13 poemas de Carlos Machado apresentados em espanhol e no original. A tradução dos textos é da escritora espanhola Emilia Albo Rosillo e a edição para o Brasil está a cargo do poeta mineiro Fabrício Marques. Confira a página da Vallejo.


Em inglês: A mulher de Ló e Pássaro de vidro

A escritora Rosaliene Bacchus, residente em Los Angeles, Califórnia, publica um boletim mensal chamado Poetry Corner (Cantinho da Poesia). Nesse boletim, ela já fez duas publicações sobre poemas de Carlos Machado. Em março/2021, escreveu uma resenha sobre o livro A mulher de Ló e traduziu para o inglês um poema desse livro, "A mulher sem nome". Em fevereiro de 2020, ela já havia traduzido o poema "Certo", do livro Pássaro de vidro, e escrito um comentário sobre ele.


Poemas em italiano, francês e espanhol

Poemas de Carlos Machado vêm sendo traduzidos por uma equipe de europeus. Cada texto é vertido por Manuela Colombo (italiano), Christian Guernes (francês) e Emilia Albo Rosillo (espanhol). Os poemas, no original e nas três versões, estão no site Lyrics Translate. O mesmo grupo de tradutores criou novo espaço, o blog Carmina Lusitana, no qual também se encontram os poemas, em quatro idiomas. Uma curiosidade em relação ao Lyrics Translate: o site estimula que novos tradutores vertam os poemas para mais idiomas. Entre os textos de Carlos Machado já há pelo menos uma tradução para o russo e outra para o catalão.


Carlos Machado na Revista Prosa Verso e Arte

A publicação online carioca Revista Prosa Verso e Arte ouviu vários críticos e publicou em março/2018 uma lista intitulada "15 escritoras e escritores negros que deveriam ser estudados nas escolas", na qual inclui o poeta Carlos Machado. A mesma revista insere o autor em outra lista, "45 poetas contemporâneos que você precisa conhecer".


Pássaro de vidro incluído em lista de 50 mais

A revista literária online São Paulo Review ouviu vários críticos e publicou em abril/2017 uma lista intitulada 50 livros para você entender a 'literatura contemporânea brasileira'. A coletânea Pássaro de vidro é o número 19 dessa seleção. Eis o que dizem os críticos sobre o livro:

"19 – Pássaro de vidro, de Carlos Machado (editora Hedra)
Machado é um poeta burilador, sua lírica estica as cordas da linguagem, despojando-a e gerando uma tensão para que o poema surja, e ele surge singela e poderosamente iluminado, como na melhor lição drummondiana."


Suplemento Literário de Minas Gerais

O jornal Suplemento Literário de Minas Gerais publicou poemas inéditos de Carlos Machado em duas de suas edições.

SLMG-1363

SLMG edição n. 1363 (novembro/dezembro de 2015), quatro poemas avulsos.
Os poemas estão na página 36 do Suplemento Literário n. 1363




SLMG-1363

SLMG edição n. 1374 (setembro/outubro de 2017), suíte com oito poemas em homenagem a Graciliano Ramos (1892-1953), por ocasião dos 80 anos do romance Vidas Secas, publicado em 1938.
Os poemas estão na página 11 do Suplemento Literário n. 1374




Templo Cultural Delfos

O site de cultura, arte, educação e ciência Templo Cultural Delfos abre uma página sobre a poesia de Carlos Machado. Assinada pela editora do Templo, Elfi Kürten Fenske, a página contém informações biobibliográficas do autor, além de uma pequena amostra de poemas.

Visite a página no Templo Cultural Delfos.



Encontro com crianças do Colégio Dom Barreto

14 de setembro de 2015. Colégio Dom Barreto, Campinas - SP


Dom Barreto
Com a turma do pinguim no Colégio Dom Barreto, de Campinas-SP (14/09/2015)


Autor do livro de poemas para crianças Cada bicho com seu capricho, o poeta Carlos Machado visitou o Colégio Dom Barreto, em Campinas-SP, em setembro de 2015. Durante a visita, teve a oportunidade de assistir a uma rica demonstração do trabalho pedagógico desenvolvido pelas equipes de ensino infantil e fundamental do Colégio, tendo por base os textos de Cada bicho com seu capricho.

Em apresentações na forma de jograis, os pequenos leitores capricharam na leitura dos poemas. Eles encarnaram vários bichos do livro. Havia turmas de pinguins, borboletas, aranhas, jabutis, formigas...

Veja a página do Colégio Dom Barreto sobre o evento.


Sobre Carlos Machado

Carlos Machado

Carlos Machado (Muritiba-BA, 1951) é jornalista e poeta. Cursou engenharia mecânica na UFBA e, em São Paulo, fez jornalismo da Faculdade Cásper Líbero. Trabalhou em diversos órgãos de imprensa, como os jornais Movimento e Leia Livros e as revistas Ciência Ilustrada, Quatro Rodas, Exame e Info Exame. Publicou as coletâneas de poesia A mulher de Ló (Patuá, São Paulo, 2018); Tesoura cega (Dobra Editorial, São Paulo, 2015); e Pássaro de vidro (Hedra, São Paulo, 2006). Também é autor do livro de poemas para crianças Cada bicho com seu capricho (MOVpalavras, São Paulo, 2015), com ilustrações de Geraldo Valério. Edita na internet o site Alguma Poesia (desde 2002) e a página poesia.net no Facebook (desde 2014). Como jornalista especializado em informática, é também autor de livros técnicos, publicados pela Editora Campus, já esgotados.